sexta-feira, 19 de janeiro de 2018
 
 
  EDMILSON BARROS - CONSULTORIA E ASSESSORIA EM DIREITO MÉDICO
 
   
   
Condenação de médico gaúcho por negligência no pós-operatório
   
Condenação de médico gaúcho por negligência no pós-operatório de cirurgia de redução do estômago
Por unanimidade, a 9ª Câmara Cível do TJRS condenou um médico por negligência no período pós-operatório de cirurgia bariátrica (redução de estômago), que apresentou complicações. A paciente deverá receber R$ 20 mil como reparação por danos morais, além de R$ 7,5 mil por perdas materiais, decorrentes de internação, nova cirurgia para descompressão gástrica e tratamentos.

A decisão reforma sentença de primeiro grau - proferida pela juiza Ana Paula Caimi, da 2ª Vara Cível de Carazinho,  que havia julgado improcedente a ação indenizatória. A condenação alcança o médico Roberto Grando.

A paciente apelou relatando ter realizado a cirurgia em 08 de fevereiro de 2002 e que, mesmo decorrido longo período do pós-operatório, apresentava dor crônica, vômitos, inchaço abdominal e dificuldade de ingerir alimentos.

Apesar de reiteradas queixas, o médico Roberto Grando deixou de investigar seu estado clínico. A autora da ação precisou consultar outro profissional, que determinou a realização de ecografia e vídeo-endoscopia. Segundo esses exames, o excesso de líquido no abdômen da autora foi ocasionado por infecção decorrente de migração e fistulização do anel gástrico com a parede do estômago.

Para o relator, desembargador Odone Sanguiné, a negligência restou evidenciada. A responsabilidade civil do médico é subjetiva - disse. “Uma vez que sua obrigação, de regra, não é de resultado, mas de meio" - disse. Para a procedência da ação é necessário apenas que seja demonstrado que o serviço foi culposamente mal prestado. Para a 9ª Câmara, a autora fez essa prova.

As advogadas Patricia Alovisi e Anelise de Souza Legori atuaram em nome da autora da ação. (Proc. nº 70021409248 - com informações do TJRS e da redação do Espaço Vital.)

Fonte: Espaço Vital

  
  

Av. Antônio Sales, 1317 – sala 503 – Aldeota – Fortaleza-Ceará - CEP 60135-100
Tel/fax: (85) 3246.6187 - 99985.5928 - 99104.5262 - 99114.4399
Copyright © 2016 Edmilson Barros - Site Desenvolvido por HumbertoCBrasil