segunda-feira, 24 de setembro de 2018
 
 
  EDMILSON BARROS - CONSULTORIA E ASSESSORIA EM DIREITO MÉDICO
 
   
   
Médico é denunciado por homicídio doloso na morte de jornalista
   
 
Médico é denunciado por homicídio doloso na morte de jornalista

(06.04.10)

Fonte: Espaço vital

O Ministério Público do Distrito Federal apresentou à Justiça do Distrito Federal ontem (5) denúncia contra o cirurgião plástico Haeckel Cabral Moraes por homicídio doloso (intencional) qualificado, por motivo torpe, pela morte da jornalista Lanusse Martins Barbosa, durante a realização de uma lipoaspiração no último dia 25 de janeiro.

O MP-DF entendeu que o médico teve responsabilidade integral pelo falecimento da jovem, que tinha apenas 27 anos.

Para o promotor de Justiça Diaulas Costa Ribeiro o cirurgião "assumiu o risco de produzir o resultado da morte da paciente" - crime classificado na categoria de dolo eventual. Se condenado, o médico terá de cumprir pena de prisão de 12 a 30 anos.

Junto com a denúncia por homicídio, o Ministério Público pede que o cirurgião pague indenizações por dano moral e material ao filho de seis anos de idade da jornalista. No total o médico terá de pagar, caso ele seja condenado ao fim das investigações, R$ 1.404.200,00.

Além disso, o promotor pede que o juiz conceda uma antecipação de tutela para que Haeckel Moraes pague imediatamente uma pensão alimentícia de dez salários mínimos mensais - R$ 5.100,00 - para o filho de Lanusse e que também antecipe a parcela referente ao dano moral (R$ 255.000,00).

  
  

Av. Antônio Sales, 1317 – sala 503 – Aldeota – Fortaleza-Ceará - CEP 60135-100
Tel/fax: (85) 3246.6187 - 99985.5928 - 99104.5262 - 99114.4399
Copyright © 2016 Edmilson Barros - Site Desenvolvido por HumbertoCBrasil